O inglês Judd Trump venceu esta segunda-feira o escocês John Higgins na final do Campeonato do Mundo (18-9), disputada em Sheffield, Inglaterra, e sagrou-se campeão mundial de snooker pela primeira vez, sucedendo ao galês Mark Williams.

“É um feito incrível para mim. Trabalhei no duro para isto e é muito especial para as pessoas que me rodeiam. Foi uma final fantástica, desde a primeira bola. Nunca tinha jogado tão bem numa final”, comentou à BBC Sport Judd Trump, de 29 anos.

Natural de Bristol, o inglês, que entrou nesta segunda-feira a liderar por 12-5, juntou este título às anteriores conquistas do Masters e do campeonato do Reino Unido, pelo que é o vencedor do Triple Crown de snooker.

A vitória na 43.ª edição do Mundial, disputado no Crucible Theatre, em Sheffield, valeu a Trump um prémio de meio milhão de libras (585 mil euros).

Trump tornou-se no primeiro jogador a ganhar mais de um milhão de libras (1,2 milhões de euros) numa única época, com um total amealhado de 1.098.400 libras (1,3 milhões de euros).