O canoísta olímpico português José Carvalho falhou este sábado por 2,18 segundos a passagem à final da prova de C1 da Taça do Mundo de slalom, a decorrer até domingo em Markkleeberg, na Alemanha.

José Carvalho alcançou o 19.º posto das meias-finais, que apuravam para a final os 10 mais bem posicionados, com o registo de 100,24 segundos, a 6,09 segundos do vencedor, o eslovaco Alexander Slafkovsky.

O canoísta de Amarante ficou apenas a 2,18 segundos da final, uma vez que o 10.º classificado, o eslovaco Matej Benus — último apurado -, contabilizou o registo de 98.06 segundos.

A exemplo das meias-finais, a final também foi ganha por Alexander Slafkovsky, com 92,54 segundos, tendo terminado na segunda posição o esloveno Luka Bozic, com 94,33 segundos, e na terceira o alemão Franz Anton, com 94,43 segundos.

A participação lusa prossegue no domingo com Antoine Launay a tentar a presença na final de K1, caso consiga um dos 10 melhores tempos entre 30 participantes nas meias-finais, marcadas para as 09h05 (hora de Lisboa). A final está marcada para as 11h40.

Além de José Carvalho e Antoine Launay, Portugal esteve representado na Taça do Mundo de slalom, na Alemanha, por Ivan Silva e Frederico Alvarenga, ambos em K1, que não passaram as mangas eliminatórias.

O apuramento para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 vai ser definido, entre 24 e 29 de setembro, no Campeonato do Mundo de slalom, na pista de La Seu d’Urgell, em Espanha.