O passe Navegante Metropolitano é o líder de vendas dos passes para transportes públicos na Área Metropolitana de Lisboa (AML), tendo vindo a aumentar o número de aquisições desde a sua implementação em abril passado, segundo a AML.

Em resposta escrita enviada à Lusa, a AML refere que, apesar de os dados de adesão ao novo sistema tarifário serem ainda “valores provisórios e não trabalhados em todas as suas análises”, o líder de vendas tem sido o Navegante Metropolitano.

De acordo com os dados em abril – data em que foi lançado o passe metropolitano, que permite viajar em todos os concelhos da AML, por um custo máximo de 40 euros, e um passe municipal para quem viaja apenas dentro de um concelho, que custa 30 euros – foram carregados 324.345 Navegantes Metropolitano.

Em agosto, de acordo com os dados provisórios, foram carregados 389.419 Navegantes Metropolitano e 76.129 Navegantes Municipal (em abril tinham sido 101.643).

O Navegante Metropolitano representou em abril 59% das vendas de passes Navegante, em maio 65%, em junho 67%, em julho 69% e em agosto 70%, segundo os dados fornecidos, tendo em conta que foram apenas considerados os passes para utilizadores maiores de 12 anos, pois até esta idade é gratuito, tendo apenas de ser requisitado uma primeira vez.

Os utentes da Área Metropolitana de Lisboa (AML) começaram em 1 de abril a sentir alívio nos preços dos transportes públicos, no âmbito do Programa de Redução Tarifária, uma medida que visa reduzir o uso do transporte individual.

Já o passe Navegante Família começou a ser vendido em 26 de julho para ser usado a partir de agosto, sendo que os utentes tiveram oportunidade de o requerer, a partir de 22 de julho, nos postos de atendimento dos operadores de serviço público de transporte de passageiros ou no portalviva.pt.

Para o mês de agosto, 1.054 agregados compraram o passe Navegante Família, o que corresponde a 3.717 cartões carregados.

Nestes passes, 979 agregados optaram pelo passe metropolitano, com custo máximo de 80 euros, e 75 optaram pelo passe municipal (60 euros).

Para o mês de setembro, 2.448 agregados compraram o passe Navegante Família, aos quais correspondem 7.906 cartões carregados em apenas quatro dias.

A modalidade do passe Navegante Família (municipal ou metropolitano) permite que três ou mais elementos do agregado familiar, com residência comprovada num dos 18 municípios da AML paguem, no máximo, o valor de dois passes metropolitanos (80 euros).

Questionado sobre o eventual aumento de vendas/carregamentos dos passes tendo em conta a proximidade do ano letivo, a AML explicou ser “ainda prematuro” fazer uma análise, pois a maioria das escolas só inicia as aulas em meados de setembro, sendo possível carregar os passes para o mês de setembro entre 26 de agosto e 25 de setembro.