Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O corpo de Paulo Gonçalves, o piloto português que morreu no Rali Dakar de todo-o-terreno a 12 de janeiro, chegou ao final da manhã desta quinta-feira ao aeroporto Francisco Sá Carneiro.

Segundo o Jornal de Notícias, o voo da Lufthansa, proveniente de Frankfurt, chegou ao aeroporto do Porto pouco depois das 11h, onde estavam dezenas de motards à espera da chegada do corpo de Paulo Gonçalves. O cortejo fúnebre seguirá até Esposende escoltado pela polícia, onde o motociclista será homenageado, a título póstumo. Durante a passagem pela Praça do Município será cumprido um minuto de silêncio, antes de rumar a Gemeses, onde o corpo ficará em câmara ardente, a partir das 16h desta quinta-feira, acrescenta o Jornal de Notícias.

Paulo Gonçalves morreu  aos 40 anos na sequência de uma queda sofrida ao quilómetro 273 da sétima de 12 etapas do Rali Dakar de todo-o-terreno, cuja 42.ª edição se disputou este ano na Arábia Saudita.  O corpo do piloto foi libertado para transladação da Arábia Saudita para Portugal, depois de realizada a autópsia.

O funeral vai realizar-se às 16h de sexta-feira, na Igreja de Gemeses, em Esposende.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR