Depois da despedida de Sussex Royal, o príncipe Harry e Meghan Markle registaram aquela que será a sua nova marca, uma fundação sem fins lucrativos com o nome de Archewell, avançou o The Guardian.

De acordo com os registos datados de 3 de março, em Beverly Hills, a marca abrange sites, filmes e ainda materiais educacionais, roupas, artigos de papelaria e um site de nutrição e saúde geral, provavelmente inspirado no blogue de estilo de vida The Tig, que Meghan assinava antes do noivado com o príncipe, acrescenta a mesma fonte.

Archewell, proveniente da palavra grega arche, significa “fontes de ação” e deu origem ao nome da nova marca dos duques, depois de servir de inspiração ao nome do filho Archie Mountbatten-Windsor. Harry e Meghan foram proibidos de usar a marca Sussex Royal, registada no Reino Unido, pelo Palácio de Buckingham, após terem anunciado o afastamento da família real.

Numa declaração dos duques citada pelo jornal inglês, o casal revela o desejo de fazer “algo significativo” e “importante”, acrescentado que estão “ansiosos para lançar Archewell quando for a hora certa”.

A marca dos duques tem o intuito de promover a consciencialização do público para diversas causas e coordenar programas de voluntariado e projetos de serviços comunitários, bem como um site com conteúdos relacionados com a filantropia e angariação de fundos beneficentes, que inclui bolsas de estudo para programas e subsídios e organização de eventos.