Conhece alguém com um ego recheado e uma grandiosa auto-confiança? E extraordinariamente racional? Até aqui tudo-mais-ou-menos ok, são características normalizadas pela sociedade, mas, fique a saber, que por vezes podem esconder algo bem mais grave. A nova série do AXN, “The Head”, vai fazê-lo questionar se tem um sociopata no seu círculo de amigos ou familiar, mais próximo. Bom, não é para menos, algumas características típicas deste transtorno de personalidade anti-social, como é conhecido, são tão comuns que por vezes pode ser complicado detetar o que está realmente a conduzir os impulsos destas pessoas, especialmente porque estes homens e mulheres são extremamente sedutores e inteligentes, o que poderá distrair-nos. Vamos complicar um pouco mais: e alguém com falta de remorso, conhece? Lembra-se de alguém perto de si que tenha uma falta de empatia tão grande que nem dá para acreditar?

Ora, isto são tudo suposições mas que nos deixam as emoções à flor da pele, tal como a série “The Head” devido à história da trama – é que ficamos com vontade de olhar a dobrar por cima do ombro, para garantir que estamos livres de pessoas que exibam essas características. Não queremos desvendar mais do que o necessário mas queremos que saiba que essa será uma das questões que se colocará assim que começar a ver os episódios desta nova série de produção espanhola. Nem tudo o que parece é no sítio mais isolado da terra, a estação de investigação Polaris VI, na Antártida, onde a ação se desenvolve. Quando o inverno mais macabro começa, vários acontecimentos sinistros tomam conta da trama “The Head”: ora, há uma pessoa à solta que anda a matar gente, mais precisamente os elementos de pequena equipa que está no terreno para dar conta de uma investigação revolucionária em curso (pense connosco: não queremos lançar mais lenha para a fogueira, mas quem é que teria coragem de passar seis meses isolado na Antártida?).

Os sociopatas vivem escondidos, à vista de todos. São apaixonados por si próprios (de forma desequilibrada, claro), apesar de serem pessoas altamente funcionais, completamente integradas na sociedade, e só pensam no benefício próprio. E são também peritos em escondê-lo, como será o assassino que  aterrorizará a equipa “the winterers”, assim que o sol desaparecer da Antártida e a escuridão do inverno se mantiver durante seis meses. Na terra do gelo, a natureza não será a única coisa a temer…

Espera-o seis episódios intensos, onde poderá acompanhar um dos personagens principais a desvendar quem está por trás das mortes, e o que se passou na sua ausência, através dos relatos de elementos da equipa “winterers”. Prendemos a sua atenção?

O elenco é de peso e conta com atores de sete nacionalidades diferentes. Falamos de nomes como Alexandre Willaume que dá vida ao comandante de verão que adora o seu trabalho e tem em mãos o desafio de descobrir a verdade antes que seja tarde demais, de Katharine O’Donnelly, que representa uma jovem médica, naquela que é a sua primeira missão na Antártida, e que será uma peça essencial nesta história de suspense. Ou ainda de John Lynch, que protagoniza o conhecido biólogo e génio Arthur Wilde, que fica a comandar a equipa na ausência de Berg e tem apenas a sua palavra para justificar a sua inocência. Destaque ainda para Álvaro Monte, uma cara bem conhecida de todos, que entrou em nossa casa na pele do Professor de “A Casa de Papel”, e que neste thriller terá um papel bastante diferente. Há mais detalhe e mistério envolvido. Resta-lhe ver.