Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Lançado em 2013 e três vezes actualizado desde então, o Mitsubishi Outlander tem-se aguentado estoicamente nas vendas da sua versão híbrida plug-in (PHEV), que foi durante anos a preferida dos portugueses e dos europeus. Mas o crescente número de PHEV, por um lado, e a imagem já um pouco ultrapassada deste Mitsubishi têm-se reflectido na performance comercial do modelo. E, decididamente, o facto de a marca nipónica ter anunciado que se iria retirar do mercado europeu tão pouco ajudou.

O construtor japonês acaba de dar a conhecer as primeiras fotos oficiais da nova geração do Outlander PHEV e, além de programar a revelação do modelo para o próximo dia 28 de Outubro, continua sem confirmar se esta versão do seu SUV irá ser comercializada na Europa. Porém, ao mesmo tempo em que se acende uma réstia de esperança junto dos fãs do Outlander, a Mitsubishi esclarece que a estratégia, pelo menos para já, vai no sentido de disponibilizá-lo no seu mercado doméstico, onde está previsto que as vendas arranquem em meados de Dezembro próximo.

Depois do Japão, será a vez dos Estados Unidos da América, na segunda metade do próximo ano. Só depois dessa altura, caso a estratégia seja alterada, é que será expectável que o SUV japonês desembarque na Europa. Mas, ao que o Observador apurou, ainda se aguarda a confirmação.

Esteticamente, não haverá grandes surpresas, na medida em que se mantém o design do Outlander (a gasolina) revelado no início do ano nos EUA. No interior, aí sim, as novidades são de maior monta, com novos tablier, painel de instrumentos e ecrã multimédia, entre outras alterações. No conjunto, o resultado é mais moderno e consentâneo com os requisitos dos actuais e potenciais clientes. Ao contrário do Outlander exclusivamente animado por motores de combustão, a variante PHEV só poderá ser adquirida com duas filas de bancos, prometendo mais potência e maior autonomia em modo eléctrico, por montar um acumulador com mais capacidade.

Resta então aguardar por dia 28, para que o destino do novo Outlander PHEV seja clarificado no que respeita aos mercados europeus.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR