Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Trânsito em Lisboa superou dados de 2019, noticiou o Diário de Notícias. O académico Fernando Nunes da Silva aponta o receio de viajar em transportes públicos por causa da pandemia de Covid-19 como um dos fatores.

Entre 27 de setembro e 3 de outubro registou-se a primeira semana de 2021 em que o tráfego em Lisboa foi superior à mesma semana do ano 2019, segundo os dados da TomTom Traffic Index citados pelo jornal.

O especialista em transportes e urbanismo do Instituto Superior Técnico, Fernando Nunes da Silva, aponta três razões principais: o desconfinamento e regresso à atividade presencial, o início do ano letivo (20% do tráfego em Lisboa são pais que levam filhos à escola) e um menor uso dos transportes públicos por receio de infeção com SARS-CoV-2.

O Metro e a Carris confirmam que em setembro de 2021 tiveram menos passageiros do que em setembro de 2019. Para o Metro, a quebra foi de 42,8%, para a Carris, de 27%.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR