Em poucos dias, um vídeo captado por um espetador da televisão turca espalhou-se em milhares de contas no Twitter e YouTube motivando uma onda de críticas bem além das fronteiras do país. Rapidamente se passou do plano da beneficência, já que o jogo pretendia angariar fundos para combater doenças como a leucemia ou para apoiar crianças com síndrome de Down, para as críticas acérrimas. O motivo? Num plano rápido das bancadas durante o intervalo do jogo entre o Bursaspor e o Fenerbahçe viam-se, ou parecia ver-se, duas crianças e uma delas estaria a fumar um cigarro.

A onda de críticas levantada fez com que, rapidamente, os adeptos do Bursaspor, equipa que “a criança” apoia, já que tinha vestida a t-shirt e o cachecol do clube, fossem até várias contas nas redes sociais esclarecer o mal-entendido.

A “criança” é, afinal, um homem de 36 anos, turco, que apesar de na rápida imagem de televisão estar bastante favorecido quanto às rugas, nas fotografias publicadas em resposta é possível constatar que, de facto, não se trata de uma criança mas sim de um homem adulto.

A correção do “lapso” foi feita também no Instagram através de uma conta de adeptos do Fenerbahce, que tem mais de 162 mil seguidores, gerando uma nova onda de comentários e reações, mas desta vez através da ironia sobre a “boa forma” que o homem apresentava nas imagens captadas pela televisão.

Conclusão

A “criança” que se supunha estar a fumar um cigarro, ao lado de outra criança, durante um intervalo na partida entre o Bursaspor e o Fenerbahce foi identificada como sendo um apoiante do Bursaspor, de 36 anos.

Assim, segundo o sistema de classificação do Observador este conteúdo é:

Errado

De acordo com o sistema de classificação do Facebook este conteúdo é:

FALSO: as principais alegações do conteúdo são factualmente imprecisas. Geralmente, esta opção corresponde às classificações “falso” ou “maioritariamente falso” nos sites de verificadores de factos.

Nota: este conteúdo foi selecionado pelo Observador no âmbito de uma parceria de fact checking com o Facebook.

IFCN Badge