816kWh poupados
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Rita Coelho do Vale

Convidado

Artigos publicados

Economia em dia com a CATÓLICA-LISBON

E se o Netanyahu e o Putin fossem mulheres?

As mulheres tendem a evitar o conflito direto, procurando outras estratégias. Além disso, são mais zelosas do bem-estar do próximo, e têm maior dificuldade em se empoderarem pela via do conflito.
Economia em dia com a CATÓLICA-LISBON

Desafios ao empoderamento das mulheres

As mulheres são muitas vezes barradas à promoção, vendo-lhe a evolução de carreira negada em detrimento de outros candidatos que, por serem homens, são percecionados como mais capazes.
Economia em dia com a CATÓLICA-LISBON

A igualdade de género começa em casa

A igualdade de género tem que começar em casa. Se o fizermos todos de forma alinhada, em breve poderemos deixar de falar em quotas, e outros mecanismos artificiais que fomentam uma falsa igualdade.
Economia em dia com a CATÓLICA-LISBON

Será que sobrevivemos à pandemia?

Apesar de todos nos queixarmos e lamuriarmos, um facto é que muitos seguimos em frente, cruzando as ondas da tempestade com as mangas arregaçadas e com vontade de descobrir novas formas de navegar.
Economia em dia com a CATÓLICA-LISBON

O efeito inebriante do poder

A capacidade de exercer poder sobre terceiros parece ter um efeito semelhante ao consumo de álcool, toldando a capacidade cognitiva de distinguir o que está certo ou errado.
Fogo de Pedrógão Grande

Para o melhor e para o pior, encanto e desencanto

É a este “encanto pós desencanto” que nos temos que agarrar e que devemos incentivar e transmitir aos que nos rodeiam. Por muito bizarro que possa parecer, isso até é estudado por académicos.
Eurogrupo

Dijsselbloem, o sr. das flores (com cardos)

As diferenças culturais entre países como a Holanda e Alemanha e os países do sul da Europa, como Portugal, Espanha ou Grécia, podem explicar o à vontade com que o Sr. Dijsselbloem disse o que disse.
Economia em dia com a CATÓLICA-LISBON

O que é que se passa com a nossa CGD?

Como o Estado somos todos nós, quer queiramos ou não teremos que “dar” à CGD vários mil milhões de euros! Em troca do quê? Do serviço público? Do crescimento económico? Ficamos à espera para ver...
Economia em dia com a CATÓLICA-LISBON

Será que temos uma máquina secreta de dinheiro?

Temos que deixar de ter surpresas à la PT ou à la CGD. E para que estas surpresas acabem, temos que começar a penalizar todos aqueles gestores que tomam as más decisões.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Vivemos tempos interessantes e importantes

Se 1% dos nossos leitores assinasse o Observador, conseguiríamos aumentar ainda mais o nosso investimento no escrutínio dos poderes públicos e na capacidade de explicarmos todas as crises – as nacionais e as internacionais. Hoje como nunca é essencial apoiar o jornalismo independente para estar bem informado. Torne-se assinante a partir de 0,18€/ dia.

Ver planos