"Já não somos totós, pessoal, e eu adoro-vos". As palavras de Trump no Iraque

Ao ver que a maioria abanava a cabeça, Trump empolgou-se. Dizia aos militares que o mundo voltou a respeitar os EUA, que deixaram de ser totós. Mas, primeiro, quis deixar todos "à vontade".

Recomendamos

Populares

Últimas

A página está a demorar muito tempo.