Logo Observador
Maquilhagem

Tendências de primavera que queremos usar já

Os lábios à Kylie Jenner vão continuar mas, finalmente, os contornos deixaram de ser moda. Muitos brilhos, azuis elétricos e rostos iluminados são algumas das tendências de beleza da próxima estação.

Maite Tuset, sénior artist de MAC Ibéria e Baltasar González, Director of Makeup Artistry para MAC Europa falaram-nos das tendências de maquilhagem que a primavera nos vai trazer.

Fotografias cedidas por MAC Cosmetics

As tendências estão sempre a mudar e, todas as estações, os especialistas em beleza sentam-se na primeira fila para apanhar, em primeira mão, o que está para vir. De Nova Iorque a Milão, passando por Paris e Londres, as inspirações nas semanas da moda foram muitas e abriram um bocadinho o véu do que se vai vender e, acima de tudo, usar nas ruas na próxima estação. Sentámo-nos com Maite Tuset, senior artist da MAC Ibéria, e com Baltasar González, Director of Makeup Artistry para a MAC Europa, que nos falaram do que a primavera nos vai trazer: Muitos lábios vermelhos, olhos azuis elétricos, muitos brilhantes e pestanas grandes são só uma amostra que prova que 2016 vai ser um ano muito mais divertido que os anteriores.

E porque nunca é demais repetir, quando falamos de tendências, não se trata de seguir à risca aquilo que vemos mas sim adaptar cada inspiração com pequenos detalhes e dentro da personalidade de cada uma de nós. São os próprios consumidores que ditam o que se vai, ou não, usar. Cabe a nós pegar nas tendências e dar-lhes novas roupagens mais reais, novas atitudes e diferentes perspetivas.

Brilhos e mais brilhos

Vamos ser honestas: ninguém vai sair assim à rua a não ser para uma festa de carnaval. Mas esta inspiração “crayon” procura mesmo criar um jogo de cores. A ideia não é copiar mas sim utilizar brilhos em pequenos apontamentos da maquilhagem: nos lábios, numa sombra mais brilhante ou mesmo num pigmento para uma festa à noite.

IMG_0971

De volta aos azuis

Durante muito tempo, os olhos azuis foram o “patinho feio” da beleza. Lembravam-nos as nossas avós com a maquilhagem carregada que, muitas vezes, se baseava num longo e pesado risco azulão na pálpebra superior. Mas isso já são águas passadas. O azul elétrico é a cor da estação e pode-se usar em sombras, riscos e até máscaras de pestanas numa versão mais urbana que dá aos olhos uma inspiração graffiti.

azuis 3

Lábios de cinema

Os clássicos nunca deixam de dar o ar da sua graça. E para quem gosta de se manter fiel ao intemporal vermelho, os especialistas declararam que esta cor se tornou um democrático acessório de beleza que todas as mulheres podem usar. A diferença é que, nesta estação, vai ser levado ao extremo. Como já havíamos imaginado, os lábios “à la Kylie Jenner” continuam em grande, numa espécie de erotismo com elegância em que uma boca grande, vermelha e bem delineada transmite confiança e sedução. Pode pintar os lábios de vermelho como uma espécie de elemento decorador do seu look em geral e manter o resto do rosto simples e nu.

vermelhos

Olhos de boneca

Sempre que falamos em olhos de boneca, pensamos em pestanas XXL e visuais demasiado exagerados, mas é preciso lembrar que falar de olhos não é só falar da máscara ou dos cílios falsos. Há muito mais por trás da criação gráfica de um olhar maior: eyeliner, linhas grossas, sombras… Criar destaque nos olhos não significa apenas focar todo o seu investimento de tempo de manhã a tentar colar pestanas. A ideia é pegar nesta tendência e destacar os olhos à sua própria maneira.

olhos

Rostos crus

O lado mais interessante das tendências é que se consegue passar uma mensagem tanto com um rosto colorido, como com um look de “não maquilhagem” que sublinha a força da simplicidade. E é esta dualidade que torna a beleza tão acessível a todos os gostos. No caso do look “acordei assim mas na verdade maquilhei-me”, a ideia é acentuar a beleza natural quase de uma forma invisível — como se a maquilhagem fosse uma segunda pele –, jogar com os contornos do rosto (de forma natural) e trabalhar a pele de forma minimal mas impecavelmente polida — o que significa muitos corretores, muitos pós e sombras em tons terra.

Rostos

Pele com raios de luz

Finalmente, esta estação vai dizer adeus ao contouring (bye, bye Kim Kardashian) e olá ao strobing, que já deu os primeiros passos no ano passado e agora vai entrar a matar. Falamos de peles iluminadas, brilhantes e saudáveis. O objetivo não é iluminar o rosto com sombras ou pós mas sim aplicar pontos de luz em zonas específicas e que contrastam com a pele mate e crua da “não maquilhagem”. Uma não invalida a outra, atenção. Pode ter uma pele polida e, ao mesmo tempo, iluminada. Como já explicámos, seguir tendências não é copiar tudo à risca – a ideia é aplicar pequenos detalhes e transformar todas estas tendências de acordo com a sua personalidade.

iluminar

Fotografias cedidas por MAC Cosmetics.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt