A palavra strobing diz-lhe alguma coisa? Provavelmente ainda não tinha ouvido falar dela mas, não havendo tradução literal, vem de strobe (em português, estroboscópio) que se refere à luz das discotecas que pisca muito rapidamente. E o que é que isto tem a ver com maquilhagem? Nada, é verdade. Mas o strobing inspirou-se no conceito “flash de luz” que, neste caso, é como dar um pico de luz aos pontos principais do rosto.

Esta nova moda veio no seguimento do boom dos contornos, tornados famosos do grande público por Kim Kardashian, como falámos num artigo publicado em julho. E, como tudo nesta internet é efémero, a arte do contouring deu lugar à arte do strobing. E eis que chegámos ao dia de hoje. Diga olá aos contornos para mulheres preguiçosas.

O que é o strobing?

Gostávamos de ter sido nós a lembrar-nos desta máxima — contornos para mulheres preguiçosas sumariza de forma divertida o que é esculpir o rosto apenas com um produto (deixando, assim, de parte os pós, as sombras escuras e as claras que são precisas no contouring), e foi criado pela famosa plataforma digital PopSugar que, em agosto, escreveu que o strobing veio substituir os contornos porque é mais simples de fazer: foca-se essencialmente em iluminar as zonas do rosto onde a luz já bate naturalmente — bochechas, osso das sobrancelhas, o centro da testa, cana do nariz e queixo. 

Dar luz às zonas principais do rosto vai fazer com que a pele pareça mais radiante, fresca e saudável. A melhor parte? Tudo isto pode ser feito com um único produto — o iluminador.

Os iluminadores aumentaram as vendas em 48%

De janeiro a agosto de 2015, as vendas dos iluminadores dispararam em todo o mundo. Uma notícia do jornal britânico Daily Mail dizia, no mês passado, que a venda destes produtos nas maiores marcas de cosmética representava uma estimativa de lucro de 500 milhões de euros.

Justine Jenkins, maquilhadora de inúmeras celebridades, explicou ao Daily Mail que já usa a técnica do strobing há muitos anos nas suas clientes porque permite iluminar instantaneamente a pele, acrescentando o fator da simplicidade: para nós, mulheres comuns e não profissionais, o strobing é muito mais prático do que os contornos porque é uma técnica mais fácil e rápida de se fazer. Para além disso, podemos dizer ainda que deixa um resultado muito mais natural.

Como fazer o strobing?

https://instagram.com/p/84Z7JdLd6k/?taken-by=jassantt_makeup

  1. Prepare a pele com a sua base ou o seu BB Cream.
  2. Use o iluminador do centro da testa até à ponta do nariz, nos cantos internos dos olhos, abaixo das sobrancelhas, e do canto externo do olho até à bochecha.
  3. Se quiser criar a ilusão de queixo mais pequeno, aplique iluminador também aí.
  4. Para deixar os lábios maiores, ilumine o arco do lábio superior e a linha do lábio inferior.
  5. Com um pó mais escuro, ou um pó de bronze, escureça (com a ajuda de um pincel fino) um pouco as laterais da testa e, para afinar o nariz, escureça um pouco as laterais do nariz.
  6. No fim, aplique o seu pó translúcido ou matificante e o seu blush, normalmente. 

Lembre-se que esta deve ser a última etapa da sua maquilhagem e já deve ter os olhos totalmente pintados — para evitar resíduos de sombras a cair e a estragar toda a iluminação.

6 iluminadores ideais para strobing

6 fotos