Logo Observador
Exercício Físico

Já está a pensar nos excessos do Natal? Há exercícios para os compensar

O Instituto Português do Desporto e Juventude lançou um guia de exercícios simples para compensar os sete grandes pecados natalícios. A representante Cláudia Reis explica quais são.

Autor
  • Sílvia Silva

Se evitar excessos alimentares não faz parte dos seus desejos de Natal, o Instituto Português do Desporto e Juventude deixa-o desapertar o botão das calças no jantar de consoada com uma condição. Qual? Compense os abusos com exercício físico. “O Natal é uma época de convívio e os excessos têm consequências que, mais do que estéticas, afetam a saúde”, explica Cláudia Reis, representante do Instituto, ao Observador.

“Não queremos que os portugueses se sintam culpados se pontualmente recorrerem a momentos de prazer através da alimentação desde que mitiguem os exageros cometidos à mesa com atividades físicas.”

Para não pensar nos pratos calóricos como alimentos proibidos, o Instituto Português do Desporto e Juventude lançou esta quarta-feira um Guia Saudável dos 7 pecados de Natal onde ensina a queimar os excessos do fim de ano que transbordam de açúcar e gordura. Mas esqueça as longas maratonas e os intermináveis agachamentos porque estes exercícios são simples e acessíveis. Por exemplo, se comer uma fatia de bolo rei deve correr a uma intensidade moderada durante 35 minutos e se comer uma colher de sopa de queijo da serra deve passear o cão por meia hora.

Morning, Tighten, Women, Sports Clothing, Christmas Present, Shoelace, Unpacking, Holding, Jogging, Action, Joy, Red, Low, Sport, Lifestyles, Indoors, People, Gift, Living Room, Footpath, Christmas, Birthday, Shoe,

Os excessos, típicos do Natal, têm riscos associados. O paladar agradece mas o corpo e a saúde pagam se não calçar os ténis e praticar atividades físicas nestes dias. (foto: iStock)

Com isto, também não queremos vender abusos mas sabemos que eles existem. Nesta época, convidamos os portugueses a saborear e a mitigar os exageros sem abdicar dos doces“, afirma a responsável pela comunicação. A preocupação do Instituto Português do Desporto e Juventude é fazer sugestões que estejam ao alcance de várias pessoas porque parte da nossa missão passa pela promoção da atividade física. Ao longo do ano, devemos compensar tudo aquilo que consumimos independentemente do seu valor calórico.”

E quais são os grandes sete pecados de Natal? “Queijo da serra, alheira de Mirandela, rabanadas, bolo rei, lampreias de ovos, bolo rainha e vinho porque concluímos após um estudo que são os alimentos com mais abrangência a nível nacional e os alimentos que os portugueses mais desejam”, explica a representante Cláudia Reis. “Desejamos que os portugueses sejam cada vez mais ativos e que, através do exercício, consigam compensar aquilo que consomem e atinjam níveis de bem estar que promovam a sua felicidade”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt