Papa em Fátima

Mais de 30 moedas estrangeiras foram trocadas por euros em Fátima

Mais de trinta moedas de diferentes países foram compradas no balcão da Unicâmbio, em Fátima, entre 11 e 15 de maio, incluindo a da Coreia do Sul, a empresa portuguesa de câmbios.

Em Portugal a Unicâmbio tem 75 lojas, mas prepara-se para inaugurar um outro balcão no Fórum Sintra

PAULO NOVAIS / POOL/EPA

Autor
  • Agência Lusa

Mais de trinta moedas de diferentes países foram compradas no balcão da Unicâmbio, em Fátima, entre 11 e 15 de maio, incluindo a da Coreia do Sul, anunciou esta quarta-feira a empresa portuguesa de câmbios.

“Sentimos que o número de nacionalidades aumentou com a visita do Papa a Fátima, e no período entre 11 a 15 de maio, uma vez que a loja da Unicâmbio comprou mais de trinta moedas de diversas nacionalidades, desde as tradicionais moedas, como o dólar norte-americano, o franco suíço, a libra esterlina e a moeda polaca, até às divisas da Argentina, Chile e da Coreia do Sul”, disse o administrador Pedro Jerónimo numa conferência com jornalistas em Lisboa.

E prosseguiu: “Dezenas de milhares de euros por dia foram comprados na loja de Fátima, não só durante a estada do Papa, mas nos dias posteriores, até 15 de maio”. “A afluência nestes dias foi exponencial e a organização do evento foi um sucesso”, garantiu o responsável, lembrando que a partir de agora “haverá um incremento” no turismo religioso e no interesse por esta localidade (Fátima) e zona do país, onde a Unicâmbio abriu um balcão a 1 de agosto de 2016.

Em Portugal a Unicâmbio tem 75 lojas, mas prepara-se para inaugurar um outro balcão no Fórum Sintra até ao final de maio, seguindo-se outra loja em Santarém. A rede de lojas da Unicâmbio em Portugal deverá passar das atuais 75 para 80 no final deste ano.

Já a nível internacional, a Unicâmbio aposta nos países da lusofonia. Já tem uma loja em Luanda, Angola, na Guiné-Bissau deverá abrir uma loja até ao final do ano, mas também em São Tomé e Príncipe e em Cabo Verde. Na Europa está a olhar para a Inglaterra, Suíça e para os países onde as comunidades portuguesas têm uma presença muito significativa, reforçada pela emigração resultante da crise de 2008.

Sobre o cartão pré-pago da Unicâmbio, que permite ser carregado por quem faz viagens, nomeadamente na Internet mas também em cada loja, com 50 diferentes moedas estrangeiras, o administrador Pedro Jerónimo garantiu que já estão em circulação 10.000 cartões, sendo que agora a empresa de câmbios está à procura de outros canais de distribuição.

“Vamos lançar [pois está em testes e a ser ultimado] o cartão corporate, que vai permitir aos colaboradores das empresas usarem-nos nas suas viagens, permitindo às empresas controlar custo e fundos de tesouraria”, explicou ainda o administrador, lembrando que a este nível está previsto fazer parcerias com as agências de viagens.

A Unicâmbio acaba de alargar o seu portefólio de moedas estrangeiras ao introduzir cinco novas divisas (peso da Colômbia, peso da Argentina, peso do Chile, dólar da Namíbia e riel do Camboja). Com estes lançamentos são já mais de 50 as moedas estrangeiras possíveis de transacionar na rede de 75 balcões que a Unicâmbio disponibiliza nas áreas da Grande Lisboa, Porto, Braga, Leiria, Algarve e na Madeira, reforçando “o serviço numa altura de grande afluxo de visitantes a Portugal”, explicou Carlos Lilaia, outro dos administradores da Unicâmbio

Ainda, segundo Carlos Lilaia, “ao incorporar mais cinco moedas estrangeiras no seu portefólio a Unicâmbio reforça assim a posição de liderança no setor das agências de câmbios em Portugal”. “Não nos limitamos a disponibilizar a moeda estrangeira mais procurada, mas também divisas oriundas de países exóticos e inesperados”, salienta.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Política

O vídeo das nossas vidas

Helena Matos
904

Beija-mão presidencial ao Papa em Monte Real. Um primeiro-ministro a brincar às amas. O país olha para o lado. E indigna-se com o "Correio da Manhã". É a propaganda, senhores. É a propaganda.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site