Futebol

Sá Pinto entre os acusados de crimes de corrupção no futebol grego

O treinador Ricardo Sá Pinto está entre as 28 pessoas acusadas de crimes relacionados com corrupção no futebol grego, como resultados combinados, por decisão do Tribunal de Recurso de Atenas.

Ricardo Sá Pinto encontra-se agora à frente do Standard Liège, na Bélgica

MÁRIO CRUZ/LUSA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

O treinador português Ricardo Sá Pinto está entre as 28 pessoas acusadas de crimes relacionados com corrupção no futebol grego, designadamente, resultados combinados, por decisão do Tribunal de Recurso de Atenas, conhecida esta quarta-feira.

De acordo com os órgãos de comunicação locais, além de Sá Pinto vão também a julgamento o ex-presidente da Federação Grega de Futebol (EPO), Giorgos Sarris, atuais e antigos dirigentes de vários clubes, entre os quais o presidente do Olympiacos, Vanguelis Marinakis, jogadores e ex-árbitros.

O antigo futebolista internacional português, atual treinador do Standard Liège, treinou na Grécia o OFI, na época 2013/2014, e o Atromitos, nas temporadas 2014/2015 e 2016/2017.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site