Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A exposição “Os Iconoclastas Anos 80”, com cerca de 70 peças do Museu do Design e da Moda (MUDE), em Lisboa, vai ser inaugurada na quinta-feira para recordar a importância dos anos do experimentalismo da década de 1980 do século XX.

“Os Iconoclastas Anos 80” inicia com uma peça emblemática de Vivienne Westwood e Malcolm McLaren, de 1977, e é pontuado por peças singulares da década de 1990 que representam bem a subversão das formas e dos pressupostos, só possível pelos anos de experimentalismo e pesquisa da década anterior.

John Galliano, Yves Saint-Laurent, Jean-Charles de Castelbajac, Manuela Gonçalves, Dan Friedman, Tom Dixon e Alessando Mendini são alguns dos artistas representados na exposição, cuja data de inauguração, 22 de maio, assinala o 5.º aniversário do MUDE.

A exposição pode ser visitada até 31 de agosto, de terça-feira a domingo. A entrada no MUDE é gratuita.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR