Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Axl Rose tem a maior extensão vocal entre os cantores que integram a lista dos cem melhores de sempre elaborada pela revista Rolling Stone. Mas o vocalista dos Guns’n’Roses não consegue atingir notas tão agudas quanto Mariah Carey, apesar de ser capaz de emitir notas mais graves do que aquelas que caracterizavam a voz de Barry White, um dos nomes de maior sucesso do disco sound dos anos 1970.

Estas são algumas das conclusões que se podem retirar a partir da observação de uma infografia publicada no site ConcertHotels.com, que se dedica a encontrar alojamento em estabelecimentos situados junto aos espétaculos a que os utilizadores planeiam assistir. O site decidiu pegar no ranking da Rolling Stone, medir a extensão vocal de cada um dos músicos citados a partir dos respetivos registos discográficos e colocar os resultados em confronto.

Enquanto Axl Rose se distingue por ser o cantor da lista com a maior extensão vocal, conceito que se refere ao conjunto de todas as notas que um cantor consegue articular, Luke Bryan, cantor de música country, surge no extremo inverso, logo seguido por outra estrela do mesmo género muscial, Taylor Swift. A infografia revela, por cada intérprete, as composições em que as notas mais graves e as mais agudas são atingidas.

 

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR