Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Stella McCartney lançou um projeto para ajudar as crianças vítimas de guerra. A filha do ex-Beatle Paul McCartney, em conjunto com a Associação Crianças em Guerra, do Reino Unido, lançou um convite às crianças dos oito aos quinze anos: fazer desenhos em resposta à questão: “O que é que te faz sentir seguro/a?” Depois, a designer vai criar uma peça exclusiva com base nos trabalhos das crianças e as receitas das vendas revertem para a associação que ajuda crianças nas áreas devastadas pelos conflitos.

As crianças no Reino Unido estão convidadas a participar, tal como as da Síria, do Afeganistão, da República Democrática do Congo e da República Centro Africana. Vai ser disponibilizada uma galeria online com todas as imagens, para que se veja as diferenças entre os trabalhos das crianças. “Trata-se de gente jovem a ajudar as crianças vítimas de conflitos”, explicou Stela McCartney esta terça-feira, em Londres. A estilista apresentou o projeto na Cimeira Internacional para o fim da violência sexual, que decorreu na capital do Reino Unido, e concluiu: “As crianças vêem o mundo com clareza e honestidade”.

Angelina Jolie, já conhecido pela sua função enquanto embaixadora do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, apoia também a causa. A atriz tornou-se mais próxima de Stella depois de esta ter desenhado as jóias que usou no filme “Maléfica”. Agora, dá o seu “sim” à ideia.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR