Para os portugueses, Cristiano Ronaldo é o melhor jogador da história do futebol português. O nome foi anunciado esta quarta-feira no Estoril, na Gala das Quinas, cerimónia que celebra o centenário da Federação Portuguesa de Futebol. Para trás ficaram dois nomes de peso, Luís Figo e Eusébio da Silva Ferreira.

Cristiano Ronaldo só tem tido razões para sorrir. Com 118 jogos pela seleção nacional e 52 golos com a camisola das quinas vestida, Ronaldo foi eleito Melhor Jogador do Mundo (Bola de Ouro) em 2008, 2013 e 2014. Jogou no Sporting e no Manchester United, antes do Real Madrid, onde tem somado títulos.

Jorge Mendes agradeceu o prémio em nome do jogador madeirense, que não pôde estar presente porque tem um jogo na quinta-feira. “Tenho vontade de chorar quando falo em Cristiano Ronaldo”, disse o agente.

jose-mourinho

José Mourinho foi eleito o treinador do século. ©FPF

A votação online para a eleição do Jogador do Centenário começou a 11 de dezembro. Houve também votações a decorrer para o melhor 11 histórico (Costa Pereira, Germano, Hilário, Vicente, Virgílio, Coluna, Simões, Travassos, Matateu, Peyroteo e Eusébio), o melhor 11 contemporâneo (Vítor Baía, João Pinto, Fernando Couto, Humberto Coelho, Ricardo Carvalho, Chalana, Figo, Rui Costa, Ronaldo, Futre e Pauleta) o melhor 11 do século (“Os Magriços” de 1966) e a jogadora do século (Carla Couto).

Mas houve mais prémios e muitos nomes lembrados, que fizeram parte dos últimos 100 anos do futebol português. José Mourinho foi eleito o treinador do século e mostrou-se emocionado ao receber o prémio. Nos prémios Quinas de Honra, Gilberto Madail venceu na categoria de dirigente, Carlos Queiroz na categoria de treinador e Luís Figo o mesmo prémio, na categoria de jogador.

Eusébio venceu o prémio único “Quina de Platina”. Flora da Silva Ferreira, a mulher do “Pantera Negra”, foi ao palco receber o prémio e disse: “É para ti, Eusébio”.

madjer-fpf

Madjer é o melhor jogador de futebol de praia. ©FPF

No futsal masculino, e sem surpresas, Ricardinho foi eleito “Jogador do Centenário”, mas não esteve presente. Na categoria feminina, Rita Martins foi a vencedora. No futebol de praia, Madjer levou para casa o troféu.

Entre António Garrido, Vítor Pereira e Pedro Proença, foi este último o eleito como melhor árbitro português. Pedro Proença recebeu o prémio daquele que muitos consideram o melhor árbitro do mundo, Pierluigi Collina.

A Gala das Quinas fez parte das comemorações do centenário da Federação Portuguesa de Futebol. O presidente da FIFA, Joseph Blatter, e da UEFA, Michel Platini, foram algumas das presenças desta noite.