500kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

O foguetão Falcon 9 embateu na "jangada". Veja aqui as imagens

Este artigo tem mais de 5 anos

O objetivo era fazer aterrar o foguetão numa plataforma flutuante. A manobra não correu como planeado e as imagens foram divulgadas hoje, pela própria SpaceX.

No passado sábado dia 10 noticiámos o lançamento do Falcon 9 da SpaceX, que impulsionou a cápsula Dragon com mantimentos e equipamento para a Estação Espacial Internacional. A operação contratada pela NASA à empresa estava programada, mas esta missão tinha um extra: pela primeira vez, ia ser tentada a aterragem do Falcon 9 (o foguetão propulsor) numa plataforma flutuante, uma espécie de “jangada” posicionada no Oceano Atlântico.

Elon Musk, o dono da SpaceX e um grande impulsionador da exploração espacial, revelou na conta do Twitter que a aterragem não correu inteiramente como previsto, ou seja, que o foguetão embateu com demasiada força na plataforma e acabou por se perder no mar. As imagens só hoje foram reveladas:

Elon Musk está entre os empreendedores e cientistas que defende que a recuperação dos elementos propulsores é a única maneira de tornar economicamente viável a exploração espacial. Fazer aterrar um foguetão (na vertical) num espaço tão pequeno como uma embarcação é um grande desafio de engenharia, pelo que este falhanço foi, ao mesmo tempo, considerado um sucesso.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.