A França conquistou hoje, pela quinta vez, o Campeonato do Mundo de andebol, batendo em Doha na final da edição de 2015 o Qatar, seleção anfitriã do torneio. Com 25-22 no marcador, após 14-11 ao intervalo, a seleção gaulesa entra para a história, já que se torna a primeira a conquistar cinco títulos mundiais – um feito a que junta ainda três medalhas de bronze, desde 1995.

O Qatar, com uma seleção construída de propósito para este Mundial, com a naturalização de vários jogadores de muito bom nível e a contratação do treinador da Espanha campeã do Mundo em 2013, também assegura o seu lugar na história da modalidade, já que consegue o melhor resultado de sempre de uma seleção não europeia.

Esta geração de França é mesmo a mais dominadora de sempre do andebol, já que este título se junta ao de campeão olímpico e campeão da Europa, o que faz dos franceses a primeira seleção a deter os três cetros em simultâneo. Também hoje, a Polónia assegurou a medalha de bronze, ao vencer no jogo de atribuição do terceiro lugar a Espanha, por 29-28, após um prolongamento. As equipas acabaram empatadas a 24 golos nos 60 minutos do tempo regulamentar, depois de terem chegado ao intervalo também em igualdade (13-13).

No prolongamento, o equilíbrio manteve-se e o jogo pendeu a favor dos polacos com um golo a 30 segundos do final, ao qual os espanhóis, que foram campeões há dois anos, a jogar em casa, já não conseguiram dar resposta.