Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Esqueça as escolas ou as sedes das juntas de freguesia. No Reino Unido, entre sítios mais tradicionais como câmaras municipais ou estações de correios, os eleitores podem acabar a votar num cabeleireiro, numa rulote ao lado do bar preferido, um clube de boxe ou até num estádio de futebol. O importante é votar.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR