Se tenciona mudar de smartphone, vendendo-o ou emprestando-o a alguém, há cinco passos que deve seguir para que o entregue em segurança. Não nos referimos à segurança do telemóvel, mas à sua segurança e das suas informações privadas, claro.

É que há cada vez mais aplicações (não é necessário ser-se um grande hacker para fazê-lo, pois muitas delas são gratuitas e gerem-se na óptica do utilizador) que permitem a recuperação de dados no telemóvel, mesmo os que julgava terem desaparecido para sempre.

Se tem um iPhone ou um smartphone android, deve sempre:

1. Fazer uma cópia de segurança de toda a informação que o telemóvel contém. Se quiser entregar o telemóvel com o cartão de memória incluído, faça igualmente um backup deste.

2. No iPhone, e no caso de utilizar uma versão do sistema operativo da Apple anterior ao iOS7, pode eliminar a sua conta. Em actualizações posteriores, desactive-a. Mas atenção, elimine a informação no seu telemóvel — contactos, calendários, documentos, fotografias, vídeos, etc. — só depois de desactivar a conta. Se o fizer com ele activa, elimina-los-à igualmente do iCloud. O mesmo com a nuvem da Google, no caso dos android.

3. Ainda no iPhone, à despedida do seu velhinho telemóvel, desactive, pelo iCloud, o Serviço de Localização. Mas desactive também a sua Apple ID nas aplicações iTunes e App Store. Igualmente importante é retirar a sua senha de acesso ao iMessage do aparelho.

4. Encerre e desinstale, uma por uma, todas as contas que tem activas no smartphone — e-mail, Facebook, Twitter, Instagram, WhatsApp, Viber, Skype, etc. Não se preocupe, que não vai eliminar as contas, e poderá posteriormente reinstalá-las e aceder às mesma no novo telemóvel. E particular cuidado com o WhatsApp: é que mesmo com um novo cartão SIM no telemóvel, de número ou rede diferentes, os dados de acesso, conversações e demais partilhas, podem permanecer no telemóvel se não desinstalar convenientemente a aplicação.

5. Agora sim, pode restabelecer as definições de fábrica do seu smartphone, e entregá-lo a quem de direito.