Audrey Hepburn vai estar em destaque na National Portrait Gallery, em Londres, a partir do dia 2 de julho. As mais de 70 imagens vão contar a história de vida da atriz que protagonizou filmes como “Roman Holiday” ou “Breakfast at Tiffany’s”.

A mostra chama-se “Audrey Hepburn: Retratos de um ícone” e inclui 35 fotografias pessoais, cedidas pelos filhos da atriz, Luca Dotti e Sean Hepburn Ferrer. Algumas pouco conhecidas dos olhares curiosos. A beleza de Audrey Hepburn pode ainda ser apreciada graças à arte de fotógrafos conceituados do século XX, como Richard Avedon, Cecil Beaton, Terry O’Neill, Norman Parkinson e Irving Penn, pode ler-se no comunicado enviado pela galeria de arte.

Há imagens de Audrey em 1946, após a libertação do domínio nazi, num recital de ballet, capa de revista e até testes para os figurinos do filme “Sabrina”, onde contracenou com Humphrey Bogart e William Holden.

Audrey Hepburn morreu em 1993, na Suíça, aos 63 anos. Para além de atriz e de se dedicar a causas humanitárias, a Holly Golightly de “Breakfast at Tiffany’s” era considerada um ícone da moda. Há várias fotografias onde a britânica, nascida na Bélgica, veste vestidos e acessórios da Givenchy.

A exposição fica patente até 18 de outubro na National Portrait Gallery. Se estiver por Londres, a entrada é livre.