O regime fechado da Coreia do Norte não oferece possibilidades de conhecermos o país a partir de dentro. Há poucas fotos. As visitas e os relatos são controlados. Foi por isso que Aram Pan se deixou aguçar pela curiosidade e conseguiu mesmo entrar com uma máquina fotográfica para captar imagens panorâmicas da Coreia do Norte.

O fotógrafo, natural de Singapura, começou por enviar e-mails e fax para vários contactos norte-coreanos presentes na Internet, explicou Aram Pan à CNN. “Ao fim de um mês e tal alguém me contactou. Encontrámo-nos e consegui autorização… tão simples quanto isso”, contou o autor.

Todas as imagens que Aram Pan fotografou têm alta qualidade e vista esférica, já que foram conseguidas através de câmaras DSLR e de sistemas de vídeo Entaniya 360. Foi tanto o material levado que um dos funcionários do aeroporto lhe disse que levava “o mesmo que três jornalistas”, recordou Aram Pan. É que além daquele material de alta qualidade, o singapurense levou ainda uma handycam, três GoPros, um tripé muito alto, baterias e carregadores, além dos telemóveis e computador.

Para explorar o resultado final pode aceder ao site DPRK 360 ou ao Facebook homónimo. Esta não foi a primeira vez que Aram Pan entrou na Coreia do Norte: já lá tinha estado seis vezes e afirma que o mais memorável são as noites estreladas. Eis algumas das imagens destacadas pelo artista.

18 fotos