A Tour Triangle é um ambicioso projeto de 502 milhões de euros que pretende construir um arranha-céus de 180 metros de altura em forma de triângulo, no sudeste de Paris. Será o segundo grande arranha-céus da cidade, depois a torre Montparnasse, construída em 1973. E pode mudar a paisagem da capital parisiense para sempre.

HERZOG & DE MEURON1

Tour Triangle (Fotografia retirada de Herzog & De Meuron)

Construir um arranha-céus em Paris é sempre polémico. A estética parisiense, forjada por Baron Haussmann no século XIX, não os contempla. Um claro exemplo dessa polémica aconteceu em 1973, após a construção da torre Montparnasse: uma lei proibiu qualquer construção em Paris com mais de 36 metros de altura.

A picture taken on April 14, 2015 shows a Haussmannian style building next to the Eiffel tower in Paris. AFP PHOTO / BERTRAND GUAY        (Photo credit should read BERTRAND GUAY/AFP/Getty Images)

Típico prédio parisiense com o estilo Haussmaniano. (BERTRAND GUAY/AFP/Getty Images)

Prós: novos empregos e investimento estrangeiro

A proposta para a construção do arranha-céus triangular, aprovada no Conselho de Paris, foi apoiada pela Presidente da Câmara parisiense Anne Hidalgo, do Partido Socialista. Para Hidalgo, a construção da Tour Triangle, de 70 mil metros quadrados, é uma oportunidade económica, criando 3.000 trabalhos permanentes.

“Abandonar este projeto seria um desastre para a economia parisiense”, disse o vice-presidente da câmara de Paris Jean Louis Missika ao Le Monde. “A Tour Triangle pode ser um atraente para investidores e arquitetos estrangeiros”, explica Missika.

Herzog & de Meuron, a empresa responsável pela construção da Tour Triangle, assegura que não irá ter qualquer impacto no ambiente, tanto a nível estético como ambiental.

“Nós temos em conta na nossa arquitetura a importância que qualquer prédio grande tem no ambiente parisiense”, disse à CNN a empresa conhecida por também ter planeado o estádio Bird’s Nest de Beijing e o museu londrino Tate Modern. “O seu formato triangular reduz a sombra nos prédios residenciais”, explicam.

Fireworks explode next to the National Stadium, also known as the "Bird's Nest",  during the opening ceremony of the 2008 Beijing Olympic Games on August 8, 2008.  A thundering display of fireworks exploded over the "Bird's Nest" stadium in the shape of a blossoming red flower as China put the full glory of its rich history on display at the Olympic opening ceremony. Some 91,000 people, many waving Chinese flags, packed into the National Stadium on a hot and humid night for a spectacular show masterminded by Oscar-nominated filmmaker Zhang Yimou.       AFP PHOTO / FRANCK FIFE (Photo credit should read FRANCK FIFE/AFP/Getty Images)

Estádio Bird’s Nest em Beijing. (FRANCK FIFE/AFP/Getty Images)

Contra: não oferece soluções e arruína a vista

Enquanto os apoiantes da torre dizem que Paris precisa de se modernizar, a oposição afirma que a construção da Tour Triangle não oferece as soluções válidas.

“Já existem muitos escritórios em Paris que estão desocupados – cerca de um milhão de metros quadrados”, afirmou à CNN Miranda Bothe, uma especialista em imobiliário da Paris Property Group.

Para William J. R. Curtis, historiador de arquitetura, este projeto é um “monstro”. “A Tour Triangle é anti-urbano no seu extremo: uma lâmina triangular gigante que corta a vista em dois e brilha como uma aparição extraterrestre”, explica, em declarações à CNN.

Em 2017 devem começar as construções. A conclusão do projeto está prevista para 2020.