Paredes brancas, artistas de street art e os mesmos materiais utilizados para criar obras ao ar livre. Este foi o cenário preparado pelo Long Beach Museum of Art para levar a cabo a exposição “Vitality and Verve: Transforming the Urban Landscape”, que explora a arte urbana além das ruas.

Desta forma, durante duas semanas, 19 artistas habituados ao movimento das ruas das grandes cidades, de diferentes partes do mundo, fizeram das paredes do museu o seu mural. Os artistas puseram a sua criatividade à prova dentro de quatro paredes recorrendo ao graffiti, a trabalhos que incluem instalações multimédia, a criações em lonas e outras expressões de arte urbana.

“O meu objetivo foi trazer uma nova luz à confluência do trabalho ao ar livre de grande escala e ao trabalho mais intimista de estúdio. Uma exposição como esta faz com que tanto artistas como o público em geral olhe para a arte em espaços públicos com um novo conjunto de olhos, desafiando muitas das pinturas convencionais que geralmente se encontram penduradas em ambientes tradicionais de museus”, diz Ronald Nelson, diretor executivo do Long Beach Museum of Art.

A exposição está no museu até ao mês de outubro. Quando terminar, as paredes voltam a ser pintadas de branco e as obras desaparecem, algo com que os artistas de arte urbana já estão familiarizados.

Para que não deixe de conhecer estas obras, o Observador reuniu algumas criações na galeria de imagens inicial.