O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, destacou o facto de Portugal “pela primeira vez em muito tempo” estar na fase final do Euro2016 “sem a necessidade de recorrer à calculadora”.

“Os jogadores foram fantásticos. Neste apuramento, em seis jogos, conquistaram seis vitórias e pela primeira vez, em muito tempo atingimos, sem necessidade de recorrer à calculadora, sem necessidade de jogar os ‘play-offs’, a fase final de um Euro”, disse o dirigente.

Fernando Gomes falava aos jornalistas antes da partida da seleção para a Sérvia, onde domingo vai disputar o último encontro do Grupo I de apuramento para o Europeu de futebol, mas a qualificação já foi alcançada quinta-feira, após a vitória por 1-0 sobre a Dinamarca.

A apenas um ponto de marcar presença no Europeu, e com dois jogos para o fazer, a seleção lusa bateu a Dinamarca por 1-0, em Braga, com um golo solitário de João Moutinho, aos 66 minutos.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Assim, a seleção portuguesa de futebol selou a nona qualificação consecutiva para a fase final de uma grande competição e a presença consecutiva de Portugal em Europeus e Mundiais foi realçada com recurso a comparações com outras seleções.

“Ombrear com potencias como a Alemanha, a Espanha, a França e a Itália dão claramente mostras do enorme valor que o futebol português tem tido”, disse Fernando Santos.

“Orgulho” e “felicidade” foram as palavras que iniciaram a intervenção, sem direito a perguntas, de Fernando Gomes que, além de elogiar a seleção A de Portugal, também destacou os feitos das equipas lusas de sub-21 e sub-20, considerando que 2015 tem sido “um ano muito bom para o futebol português”.

O selecionador de Portugal, Fernando Santos, também não foi esquecido no rol de destaques do presidente da FPF, que também deixou uma “palavra muito sentida ao povo português”.

“Passado este ano [referindo-se a setembro de 2014, quando a FPF decidiu apostar em Fernando Santos apesar do técnico estar na altura a cumprir castigo] temos de estar agradecidos pelo que conseguimos concretizar, que tem muito da sua personalidade e do seu querer. Aos adeptos portugueses, têm dado manifestação cabal do espirito português, podem estar certos que continuaremos a desenvolver tudo o que estiver ao nosso alcance para trazer mais êxitos e alegrias”, concluiu.

Portugal joga domingo com a Sérvia, no Estádio FK Partizan, num duelo agendado para as 18:00 (17:00 horas de Lisboa).

A comitiva lusa partiu esta tarde do aeroporto Sá Carneiro, no Porto, sem Cristiano Ronaldo, Tiago, Ricardo Carvalho e Fábio Coentrão, este últimodispensado hoje devido a lesão, informou a FPF.

A convocatória de Fernando Gomes, face à feita para o jogo com a Dinamarca, soma dois “reforços”, os jovens jogadores Ricardo Pereira (Nice, França) e Rui Fonte (Sporting de Braga), sendo que o defesa que atua no campeonato francês vai viajar diretamente para a Sérvia.