Algumas pessoas têm nomes que encravam e confundem certos sites, tornando as suas vidas mais complicadas.

A história contada à BBC relata o caso de uma mulher chamada Jeniffer Null, que adotou o apelido do marido quando casou e que teve uma série de problemas em vários sites devido ao seu apelido: Null.

“Nós mudamos de casa logo a seguir ao casamento e o primeiro problema surgiu quando comprámos bilhetes de avião”, disse Jeniffer. No momento em que tentou comprar o bilhete, recebeu uma mensagem de erro na maioria dos sites dizendo que tinha deixado o espaço para colocar o apelido em branco. Quando liga para as companhias aéreas para comprar um bilhete e explica a sua situação, as pessoas do outro lado da linha nem acreditam.

Para qualquer programador é fácil de perceber o porquê de o nome Null causar problemas de software na base de dados. A palavra pode ser produzida pelo próprio sistema para indicar um espaço de nome vazio. Os administradores dos sistemas têm tentado resolver esta situação mas acontece que o tal apelido é algo raro.

Mas as frustrações de Jeniffer Null não se ficam por aqui. Surgiram também problemas como colocar os seus dados em sites de impostos ou no registo da nova casa. Null trabalhava como professor substituta e para ser chamada podia ser notificada por telefone ou pela internet, caso que nunca sucedeu porque o site em questão não admitia o seu nome.

“Sinto que tenho de fazer as coisas à moda antiga. Por um lado é frustrante na altura em que mais precisamos mas geralmente é sempre uma boa história para contar. Toda a gente se ri dela“, conta Jeniffer.

Null não é o único caso de nomes que são problemáticos para os computadores processarem. Pessoas com um só nome ou cujo nome tem apenas uma letra também costumam ter problemas.

Existe também o peculiar caso de Janice Keihanaikukauakahihulihe’ekahaunaele, uma mulher havaiana que teve problemas na criação do seu cartão de identificação devido aos 36 carateres que compõem o seu apelido.