Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A cantora e compositora Adele é a artista feminina mais rica da Grã-Bretanha. A cantora mais do que duplicou a sua fortuna o ano passado, de 35 milhões de libras (cerca de 45 milhões de euros) para 85 milhões de libras (cerca de 105 milhões de euros) e passou a ser uma das duas únicas pessoas com menos de 30 anos a figurar na lista dos 50 mais ricos do Sunday Times, noticia o The Telegraph.

Adele está no 30º lugar da lista global e é a primeira mulher. Os rendimentos da cantora ultrapassaram as fortunas de Cliff Richards, Gary Barlow (ex-vocalistas dos Take That), Ronnie Wood (dos Rolling Stones) e Kylie Minogue (cantora de origem australiana). O cantor Ed Sheeran, de 27 anos, também está na lista mas no 49º lugar. Sheeran tem uma futura avaliada em 45 milhões de libras (cerca de 57 milhões de euros).

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A lista dos mais ricos contempla sobretudo músicos veteranos, como o ex-Beatle Paul McCartney que ocupa o primeiro lugar com uma fortuna calculada em 760 milhões de libras (cerca de 965 milhões de euros). O grupo U2, o cantor Elton John e o vocalista dos Rolling Stones, Mick Jagger, completam o top 5 da lista.

A lista dos 50 mais ricos elaborada este ano tem também entradas novas com fortunas herdadas de músicos. São os casos de Iman Abdulmajid e Duncan Jones, esposa e filho de David Bowie. Os dois estão no 29º lugar com uma fortuna avaliada em 90 milhões de libras (cerca de 115 milhões de euros).

E os herdeiros do ex-Beatle George Harrison, Olivia e Dhani Harrison, que estão no número seis da lista com 220 milhões de libras (cerca de 280 milhões de euros).