O primeiro dia dos oitavos de final do torneio de ténis de Roland Garros não teve eliminação de favoritos, com o apuramento de Stanislas Wawrinka e Andy Murray, em masculinos, e da espanhola Garbine Muguruza, em femininos.

Com o sérvio Novak Djokovic agendado apenas para segunda-feira, o mais bem cotado em campo foi o escocês Andy Murray, segundo cabeça de série do ‘Grand Slam’ francês, que conseguiu impor-se ao ‘gigante’ norte-americano John Isner, com os parciais de 7-6 (11-9), 6-4 e 6-3.

Murray dominou sempre o seu adversário, que acumulou erros de palmatória, sobretudo na parte final do encontro, depois de obrigar a um longo desempate no primeiro ‘set’.

Na ausência de Federer, Wawrinka, terceiro pré-designado, vai defendendo bem a honra do ténis suíço. Esteve menos eficaz do que nas rondas anteriores e precisou de quase três horas para ultrapassar o sérvio Viktor Troicki, por 7-6 (7-5), 6-7 (7-9), 6-3 e 6-2.

O francês Richard Gasquet, nono da lista, tirou todo o partido do apoio do público para afastar o japonês Kei Nishikori (quinto), com os parciais de 6-4, 6-2, 4-6 e 6-2.

Também em frente segue Albert Ramos, que fez ‘cair’ o oitavo cabeça de série, o canadiano Milos Raonic, por 6-2, 6-4 e 6-4.

No quadro feminino disputaram-se até ao fim somente dois jogos e apenas um com jogadoras do ‘top-4’, no caso a espanhola ‘Gabi’ Muguruza, que derrotou a veterana russa Svetlana Kuznetsova, por 6-3 e 6-4.

Também para os quartos de final segue a norte-americana Shelby Rogers, 108.ª do mundo, que se vai intrometendo entre as melhores, depois de afastar a romena Irina-Camelia Begu, por 6-3 e 6-4.

Por concluir ficaram os outros dois jogos do programa feminino, que o cair da noite adiou para segunda-feira. Com várias paragens por causa da chuva, foi impossível cumprir o programa previsto.

A romena Simona Halep vai ganhando à australiana Samantha Stosur, com 5-3 no primeiro ‘set’, e a polaca Agnieszka Radwanska está muito perto de afastar a búlgara Tsvetana Pironkova (6-2, 3-0).