Fora da União Europeia, fora do Mercado único. O aviso é do ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, que, numa entrevista, passa o recado aos eleitores britânicos que vão decidir a permanência do Reino Unido na União Europeia que se decidirem abandonar o projeto europeu, também não vão ter direito às suas benesses.

“Isso não vai acontecer. Exigiria ao país cumprir com as regras de um clube do qual quer deixar de fazer parte nesta altura”, disse o ministro à revista alemã Der Spiegel, quando questionado com a possibilidade de ser oferecido um acordo semelhante ao que a União Europeia tem nesta altura com a Noruega ou com a Suíça.

Wolfgang Schäuble não quis deixar margem para dúvidas: “se uma maioria votar a favor do Brexit, essa será uma decisão contra o mercado único. Dentro é dentro. Fora é fora. Temos de respeitar a soberania do povo britânico”.

Os britânicos vão a votos no dia 23 de junho, para decidir sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia.