A nova série de episódios do “Top Gear”, o programa da BBC que mistura automóveis com entretenimento como nenhum outro, continua à procura de novos valores para animar a audiência, sobretudo depois da substituição de Jeremy Clarkson pelo novo apresentador Chris Evans.

As audições dos candidatos a estrelas televisivas continuam e, desta vez, o “Top Gear” tornou público o teste realizado a Ken Block, o piloto americano rei das gincanas, que já disputou várias épocas do Campeonato do Mundo de Ralis (de 2009 a 2014), mas que é mais conhecido pelos seus vídeos “Gymkhana”, onde os seus potentes carros, entre dois piões, passam a vida em derrapagens permanentes.

O vídeo revela um Block a fazer o que sabe fazer melhor, dar espectáculo. Ao volante do seu Ford Mustang, a que chama Hoonicorn -uma versão muito especial com 845 cv de um Mustang de 1965 com tracção às quatro rodas da Sadev e um V8 com compressor volumétrico -, o piloto repetiu a sua receita favorita: piões com fartura e “atravessadelas” quanto baste.

Tudo correu na perfeição e Evans ficou animadíssimo com o desempenho do piloto acrobata. Não se esperava outra coisa depois de Block se ter aplicado a fundo. Mas eis que surge o Stig, que aparentemente não gostou. Mesmo nada. Será ciúmes ou pavor de ver o seu lugar de piloto oficial do programa em risco?