Todos temos aquele amigo que faz questão de partilhar, insistentemente, a sua atividade física nas redes sociais. A mensagem “Corri 1o quilómetros antes do trabalho!” até pode ser motivadora, ou incrivelmente irritante, dependendo do quanto se odeia aquele emoji dos bíceps.

Investigadores da Universidade de Brunel, em Londres, têm conduzido um estudo sobre o porquê de tantas pessoas partilharem o seu exercício físico nas redes sociais. Os resultados não são os melhores. As pessoas que estão sempre a documentar a sua atividade física têm tendência para serem narcisistas. Segundo os investigadores, o seu principal objetivo é o de mostrar quanto tempo gastam a investir na sua aparência. Ao que parece, estas publicações também ganham mais likes do que outras.

Os narcisistas atualizam mais frequentemente as suas conquistas, motivados pela sua necessidade de atenção e de aceitação da comunidade do Facebook”, conclui o estudo. O elevado número de likes não significa necessariamente que toda a gente adora ver esse tipo de publicação.”

A investigadora Tara Marshal afirma que, “apesar de os resultados sugerirem que os narcisistas se gabam pelo facto de receberem mais likes e comentários, pode dar-se o caso de os seus amigos do Facebook simpaticamente oferecerem o seu apoio, enquanto secretamente desaprovam este seu comportamento“. Assim, talvez seja melhor moderar as atualizações diárias sobre o exercício físico nas redes sociais. Os “amigos” talvez agradeçam.