817kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Ao primeiro dia de Mexefest há um concerto surpresa de Jorge Palma

Este artigo tem mais de 5 anos

No arranque do festival há Céu, Bruno Pernadas, Toty Sa'Med e Jagwar Ma. Mas também um concerto surpresa -- e gratuito -- de Jorge Palma. Faça o seu roteiro e não se perca.

Toty Sa'Med, Céu e Jorge Palma fazem parte do cartaz desta sexta-feira
i

Toty Sa'Med, Céu e Jorge Palma fazem parte do cartaz desta sexta-feira

Toty Sa'Med, Céu e Jorge Palma fazem parte do cartaz desta sexta-feira

Começa esta sexta feira mais uma edição do Vodafone Mexefest, o festival que ocupa as salas de espectáculo (e não só) que rodeiam a Avenida da Liberdade, em Lisboa. É uma espécie de feira pop-rock que dura dois dias e que mesmo antes do arranque já confirmou uma surpresa para o primeiro dia: um concerto de Jorge Palma, às 20h45, no Largo de São Domingos, junto Teatro Nacional D.Maria II. Trata-se de uma antecipação dos seis espectáculos que o músico faz na próxima semana para assinalar os 25 anos do álbum clássico .

[veja aqui o mapa das salas do festival e os horários dos concertos de cada uma:]

Quanto ao cartaz que já estava confirmado, este primeiro dia de Mexefest vai a todas. Há os mais psicadélicos, de Acid Acid a Sunflower Bean, e os placos dedicados o hip hop, como o regressado Capitólio que vai receber Mike El Nite e Talib Kweli. Vão estar presentes diferentes formas da lusofonia: por exemplo, com a brasileira Céu e o angolano Toty Sa’Med; os portugueses que fazem por cá uma nova canção, como Filipe Sambado ou Luís Severo; ou gente de bons créditos internacionais, de Howe Gelb aos Jagwar Ma.

Fora dos palcos também há música, seja no Vodafone Bus, o autocarro que percorre a avenida e faz a ligação entre os diferentes espaços, ou em DJ sets nos locais menos óbvios.

Os bilhetes para o Vodafone Mexefest custam 50 euros e são válidos para os dois dias do festival. Devem ser trocados no Coliseu dos Recreios por pulseiras que dão acesso aos locais onde acontecem os concertos.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

 
Assine o Observador a partir de 0,18€/ dia

Não é só para chegar ao fim deste artigo:

  • Leitura sem limites, em qualquer dispositivo
  • Menos publicidade
  • Desconto na Academia Observador
  • Desconto na revista best-of
  • Newsletter exclusiva
  • Conversas com jornalistas exclusivas
  • Oferta de artigos
  • Participação nos comentários

Apoie agora o jornalismo independente

Ver planos

Oferta limitada

Apoio ao cliente | Já é assinante? Faça logout e inicie sessão na conta com a qual tem uma assinatura

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Vivemos tempos interessantes e importantes

Se 1% dos nossos leitores assinasse o Observador, conseguiríamos aumentar ainda mais o nosso investimento no escrutínio dos poderes públicos e na capacidade de explicarmos todas as crises – as nacionais e as internacionais. Hoje como nunca é essencial apoiar o jornalismo independente para estar bem informado. Torne-se assinante a partir de 0,18€/ dia.

Ver planos