Um homem equipado com o Street View Trekker – aparelho para registar vídeos em 360º utilizado pelo serviço da Google Maps – esteve dentro de um vulcão ativo das Ilhas de Vanuatu e capturou imagens impressionantes do lago de lava.

As Ilhas de Vanuatu situam-se a sul do Oceano Pacífico, a mais de mil milhas da costa australiana. Este arquipélago é composto por 80 pequenas ilhas, cheias de florestas tropicais, praias de areia preta e, no total, têm nove vulcões ativos.

4 fotos

Um dos maiores lagos de lava do mundo, situado na ilha vulcânica de Ambrym, Vanuatu, está agora disponível no Google Maps para qualquer pessoa poder visitar o local. A gigante tecnológica contou com a ajuda de Geoff Mackley e Chris Horsly, dois exploradores que desceram 400 metros para recolherem imagens em 360º do interior da cratera do vulcão. O percurso até ao vulcão foi agora registado, e disponibilizado, pelo serviço da Google.

A cratera do vulcão Marum tem o tamanho de dois campos de futebol americano. “Só nos apercebemos como os humanos são insignificantes quando estamos perante um lago gigante de lava incandescente. É como olhar para a superfície do sol”, afirma Mackley num comunicado da gigante tecnológica.

Depois de sair da cratera, Chris Horsly afirmou que “o facto de estarmos na beira do vulcão e sentir o calor a lamber a nossa pele é algo fenomenal. Depois de colocarmos este local no mapa, espero que as pessoas se apercebam do magnifico mundo em que vivemos”.

Apesar da ilha de Ambrym ter dois cones vulcânicos ativos, é habitada por mais de sete mil pessoas que vivem na floresta tropical abaixo da montanha.

Pode ver o interior do vulcão através deste link.