Um grupo de cientistas britânicos das Universidades de Cambridge e Bristol, no Reino Unido, está a usar drones para filmar e estudar vulcões.

Um deles é o Volcán del Fuego (Vulcão do Fogo), na Guatemala, cujas erupções frequentes dificultam e tornam inseguro o acesso por humanos, à cratera vulcânica. Os cientistas encontraram a solução para o problema na tecnologia. A equipa construiu e conduziu os drones até à cratera do Vulcão do Fogo, obtendo imagens e vídeos nunca antes captados, como conta o vídeo divulgado pela CNN.

Estes drones têm a capacidade de medir a temperatura e humidade nas nuvens vulcânicas e ainda tirar fotografias digitais e de infravermelhos. No futuro, os cientistas querem equipar os drones com sensores capazes de medir os gases vulcânicos.