Russell Westbrook, base dos Oklahoma City, foi eleito na segunda-feira o jogador mais valioso (MVP) da época da Liga Norte-americana de Basquetebol.

Apesar de os Oklahoma City terem sido eliminados pelos Houston Rockets logo na primeira ronda dos ‘play-off‘ da Conferência Oeste (4-2), Westbrook conseguiu uma das mais importantes eleições de final de temporada, sucedendo a Stephen Curry, que se sagrou campeão, pela segunda vez em três anos, pelos Golden State Warriors.

Westbrook venceu a ‘corrida’ a James Harden (Houston Rockets) e Kawhi Leonard (San Antonio Spurs).

Numa época inspirada, Westbrook tornou-se no segundo jogador da história da NBA a terminar a fase regular com uma ‘média de triplo-duplo’, com 36 pontos, 10,7 ressaltos e 10,4 assistências.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O base também bateu o velho recorde de Oscar Robertson, que datava de 1962, ao conseguir um total de 42 triplos-duplos (em 81 jogos), mais um que o antigo jogador dos Cincinnati Royals.

Na lista de premiados figuram dois jogadores dos campeões Warriors: Draymon Green, eleito o melhor defensor da temporada, Klay Thompson, autor da melhor exibição da época, no jogo de 5 de dezembro com os Indiana Pacers, quando marcou 60 pontos em 29 minutos.

Lista de premiados:

  • Jogador mais valioso: Russell Westbrook (Oklahoma City).
  • Melhor defesa: Draymond Green (Golden State Warriors).
  • Melhor treinador: Mike d’Antoni (Houston Rockets).
  • Jogador que mais evoluiu: Giannis Antetokounmpo (Milwaukee Bucks).
  • Melhor rookie: Malcolm Brogdon (Milwaukee Bucks).
  • Melhor sexto jogador: Eric Gordon (Houston Rockets).
  • Melhor parceiro de equipa: Dirk Nowitzki (Dallas Mavericks)
  • Jogador com mais ‘fair- play’: Kemba Walker (Charlotte Hornets).
  • Melhor exibição da época: Klay Thompson (Golden State Warriors), 60 pontos em 29 minutos no jogo contra os Indiana Pacers, a 5 de dezembro.