O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou esta sexta-feira aos seus colaboradores mais próximos que irá demitir Stephen Bannon, o polémico conselheiro estratégico da Casa Branca com ligações à alt-right. A informação foi avançada pelo The New York Times.

De acordo com o jornal norte-americano, que cita dois oficiais da Casa Branca sob anonimato, Trump ainda estará a discutir os detalhes da demissão, designadamente quando e em que moldes será afastado Bannon.

Já uma fonte próxima do conselheiro estratégico avançou ao mesmo jornal que a demissão foi ideia do próprio Bannon, que terá apresentado a sua carta de resignação no dia 7 de agosto.

“Alt-Right”. Quem são os radicais que Donald Trump leva para o poder

Stephen Bannon tem sido um dos elementos mais criticados da Casa Branca, devido às suas ligações a movimentos de extrema-direita.

O até aqui conselheiro estratégico de Trump foi diretor do Breitbart News, uma plataforma de extrema-direita que era um dos principais veículos para a propaganda extremista nos EUA.

Bannon regressou, aliás, ao Breitbart como presidente-executivo da organização. No site lê-se que Bannon “regressa a casa”.

Esta já é a 18ª baixa na administração de Trump. A demissão mais recente foi a de Ezra Cohen-Watnick, conselheiro de segurança nacional do presidente Donald Trump.

Casa Branca. Conselheiro de segurança nacional foi demitido

Antes, Trump tinha demitido Anthony Scaramucci, diretor de comunicação da Casa Branca, apenas 10 dias depois de o ter nomeado na sequência da demissão de Sean Spicer.

Trump afasta diretor de comunicação. Scaramucci sai 10 dias depois de ser nomeado