Os 27 arguidos no processo caso Jogo Duplo, relacionado com viciação de resultados no futebol, vão todos a julgamento. A notícia está a ser avançada pela SIC Notícias.

Durante a leitura da decisão instrutória, a Juíza de Instrução Criminal (JIC) explicou que negou provimento aos requerimentos apresentados pelos sete arguidos, mantendo a acusação do Ministério Público (MP) “nos precisos termos” em que foi proferida e as medidas de coação já aplicadas.

No processo, estão envolvidos como arguidos os jogadores do Oriental, Oliveirense, Penafiel e Académico de Viseu, e também dirigentes desportivos, empresários, um elemento de uma claque, assim como outras pessoas com ligações ao negócio das apostas desportivas. O processo “Jogo Limpo” envolve ao todo 27 pessoas num esquema de apostas desportivas online baseadas na Ásia.