Mais de mil operacionais combatiam esta terça-feira de madrugada quatro fogos de grande dimensão nos distritos de Coimbra e Viseu, de acordo com a Proteção Civil.

Segundo o site da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), pelas 04h15, o incêndio que deflagrou na noite de sexta-feira na localidade de Castanheira, na freguesia de Fajão e Vidual, no concelho de Pampilhosa da Serra, no distrito de Coimbra, continuava a mobilizar o maior número de meios: 625 homens, apoiados por 188 viaturas, no combate a uma frente.

O fogo, que levou a ativar o Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil da Pampilhosa da Serra e Arganil, causou ainda o corte de vias, nomeadamente da EN 344, EM 508, EM 544, EM 547 e EM 14-0, de acordo com o portal da ANPC.

Pela mesma hora estavam ativos mais três outros incêndios qualificados como ocorrências importantes pela Proteção Civil, todos no distrito de Viseu.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O fogo no concelho de Nelas mobilizava 175 operacionais e 47 veículos, enquanto o incêndio em São Pedro do Sul era combatido por 139 homens, apoiados por 41 meios terrestres.

Já em Castro Daire estavam no terreno 116 operacionais e 16 viaturas no combate ao fogo que levou ao corte da EN 225 entre Ester e Cabril, segundo a Proteção Civil.