A SAD do FC Porto apresentou um resultado consolidado negativo de 35,3 milhões de euros no exercício de 2016/17, anunciaram esta quarta-feira os ‘dragões’ em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

Na comunicação, a SAD ‘azul e branca’ destaca que, apesar de negativo, o resultado é inferior em cerca de 40% em relação ao exercício anterior (2015/16), no qual os portistas apresentaram um resultado negativo de 58,4 milhões de euros, e salienta ainda o facto de o mesmo superar o acordo traçado com a UEFA, ao abrigo do ‘fair-play’ financeiro.

É referido ainda que o ativo cresceu 3,3 milhões de euros face a 30 de junho de 2016, situando-se nos 378 milhões de euros, enquanto o passivo atingiu os 387 milhões de euros, o que representa um aumento de 38,379 milhões de euros em relação ao período homólogo passado, tendo os ‘dragões’ indicado ainda que foi liquidada a última prestação do ‘project finance’ para a construção do Estádio do Dragão, pelo que este se encontra totalmente pago.