505kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Casillas aponta para o "Comodin infinito", Benfica fala "numa das maiores vergonhas de todos os tempos"

Este artigo tem mais de 4 anos

Golo tardio de Coates que deu a vitória do Sporting em Tondela não passou ao lado dos rivais, que reagiram de pronto através das redes sociais. Benfica fala ainda num penálti e na expulsão de William.

A festa dos jogadores do Sporting em torno de Coates, num golo de tardio que deu a vitória aos leões em Tondela
i

A festa dos jogadores do Sporting em torno de Coates, num golo de tardio que deu a vitória aos leões em Tondela

LUSA

A festa dos jogadores do Sporting em torno de Coates, num golo de tardio que deu a vitória aos leões em Tondela

LUSA

O golo de Coates entre o oitavo e o novo minuto de descontos do Tondela-Sporting não passou mesmo ao lado de ninguém e, num filme que se tornou comum neste Campeonato mas que há algumas semanas não se via, os rivais na luta pelo título não demoraram a comentar o triunfo tardio do conjunto verde e branco.

O triunfo da anarquia sobre a democracia (a crónica do Sporting em Tondela, onde se fala apenas de futebol)

“90′ + 4′ (4′ x 2 ) + 1 hora + 1 dia + 1 semana + 1 mês + 1 ano + 1 lustro + 1 década + 1 século….. e se mesmo assim não for possível: El Comodín ‘Infinito’!”, escreveu Iker Casillas na sua conta oficial do Twitter.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Numa das várias respostas ao espanhol, Rúben Neves, antigo médio do FC Porto que atua hoje nos ingleses do Wolverhampton, ironizou sobre a possibilidade de João Capela ser o árbitro dos dragões nos 45 minutos em falta frente ao Estoril, que se vão disputar na próxima quarta-feira: “Calma amigo, se na quarta for o Capela jogam 90 minutos”, escreveu o internacional português orientado por Nuno Espírito Santo.

“Uma das maiores vergonhas de todos os tempos por parte do ex-chefe de equipa de Hernâni Fernandes – o especialista em arbitragem de Alvalade. Histórico tempo de compensação, penálti sobre Murilo transformado em amarelo e perdão de expulsão de William Carvalho. Não há vergonha!”, escreveu também o Benfica, através da conta oficial do Departamento de Comunicação.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.