25 de Abril

Varoufakis vai descer a Avenida da Liberdade no 25 de abril

3.763

Ex-ministro das Finanças grego vai descer a Avenida da Liberdade. Movimento DiEM25, criado por Varoufakis, e o português LIVRE estão a construir uma lista para concorrer às eleições europeias.

AFP/Getty Images

O ex-ministro grego das Finanças, Yanis Varoufakis, vai estar em Portugal no feriado do dia 25 abril, noticia o Público. Varoufakis vai marcar presença no desfile na Avenida da Liberdade, no ano em que se assinala o 44.º aniversário da revolução.

De acordo com o mesmo jornal, o movimento DiEM25, criado por Varoufakis, e o português LIVRE estão a criar um movimento pan-europeu para concorrer às eleições europeias em 2019. Por esse motivo, vários dirigentes do LIVRE e de outros movimentos estiveram há pouco tempo em Nápoles, num encontro que serviu para debater formas de combate à emergência do “nacional-populismo e o marasmo” da União Europeia.

Varoufakis foi o primeiro-ministro das Finanças do Governo do partido liderado por Alex Tsipras, mas entrou logo em choque com os responsáveis da Comissão Europeia numa altura em que a Grécia estava à beira do abismo financeiro, totalmente dependente de um novo resgate. O polémico ministro acabou por se demitir do Governo grego meses depois de estar em funções, após um referendo em que os gregos votaram por ficar no euro, apesar do pacote de austeridade que lhes era imposto.

Em Lisboa, e igualmente a participar no desfile, vão também estar presentes outros movimentos, como o Géneration.s, liderado pelo ex-candidato a presidente de França Benoît Hamon, o Alternativet, da Dinamarca, o BündnisDiEM25, da Alemanha, o DeMA, de Itália, e o Razem, da Polónia.

No dia 26, os vários movimentos vão voltar a reunir-se por volta das 9h30 na Biblioteca de São Lázaro, em Lisboa. Às 18h30 vai haver uma conferência de imprensa onde serão apresentados os resultados do encontro, tal como o “nome do movimento, o conteúdo do código de ética que os candidatos da lista terão de seguir e os progressos feitos a nível de programa eleitoral comum”, lê-se no comunicado citado pelo Público.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
25 de Abril

O milagre dos cravos /premium

Helena Matos
2.006

Basta colocar um cravo ao peito para os vigaristas passarem a incompreendidos; os ditadores a democratas e os actuais ministros a oposição. Já o BE esquece as PPP com Salazar e Bolsonaro.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)