O FC Porto voltou às vitórias na pré-época, ao bater os ingleses do Everton, de Marco Silva, pela margem mínima (1-0), com golo de Marega, no último jogo da Algarve Football Cup, torneio conquistado pelos franceses do Lille.

Depois de duas derrotas consecutivas, face a Portimonense e Lille, ambas por 2-1, os campeões nacionais fecharam com um triunfo o lote de três jogos de preparação no estágio algarvio, que se conclui na quarta-feira, graças ao solitário golo do avançado maliano, aos 51 minutos.

O técnico portista, Sérgio Conceição, que no sábado dispensou seis jogadores, mudou quatro elementos no ‘onze’ face à derrota de sexta-feira com os franceses, com o reforço brasileiro João Pedro a voltar à posição de lateral direito.

O Everton superiorizou-se claramente na primeira meia hora da partida, criando várias situações de perigo, perante um FC Porto pouco ativo em termos defensivos, obrigando Casillas a duas excelentes intervenções.

O guardião espanhol teve de travar, com alguma dificuldade, para canto, os remates perigosos do extremo belga Mirallas, aos nove minutos, e do avançado Dowell, aos 16, ambos de fora da área.

A equipa orientada pelo técnico português Marco Silva mantinha a pressão sobre a defensiva portista, estando novamente perto do golo aos 24 minutos, num remate do turco Cenk Tosun ao poste, e aos 30, num ‘tiro’ de Sandro Ramirez às malhas laterais.

No último quarto de hora da primeira metade, o FC Porto aliviou o ascendente inglês e melhorou em termos ofensivos, embora só tenha criado uma situação de perigo, por Felipe, que cabeceou à figura de Stekelenburg, após um canto (41 minutos).

A superioridade dos ‘dragões’ prolongou-se com um bom arranque de segunda parte, levando ao golo de Marega, que se isolou após passe de Otávio e não perdoou na ‘cara’ do guardião do Everton, aos 51 minutos.

O FC Porto surgiu mais consistente neste período, limitando as investidas do adversário e aproximando-se mais vezes da baliza de Stekelenburg, que aos 63 minutos viu um ‘tiro’ de Sérgio Oliveira passar a rasar o poste e, aos 69, defendeu um remate do isolado João Pedro.

Nos últimos 20 minutos, as constantes substituições cortaram o ritmo do jogo e os portistas seguraram o triunfo sem dificuldades.

A Algarve Football Cup foi conquistada pelo Lille, que somou quatro pontos, com a vitória sobre o FC Porto e o empate de sábado com o Everton (0-0), seguido dos portistas, com três pontos, e dos ingleses, com apenas um ponto.

Jogo no Estádio Algarve, em Faro.

FC Porto – Everton, 1-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcador:

1-0, Marega, 51 minutos.

Equipas:

  • FC Porto: Casillas, João Pedro, Felipe, Diogo Leite, Alex Telles, Sérgio Oliveira, Oliver Torres, Marega, Brahimi, Otávio e Aboubakar.

Jogaram ainda Maxi Pereira, Chidozie, Bruno Costa, Soares, Vaná, Hernâni, Adrian Lopez e André Pereira.

Treinador: Sérgio Conceição.

  • Everton: Stekelenburg, Coleman, Jagielka, Michael Keane, Leighton Baines, Tom Davies, Schneiderlin, Sandro Ramirez, Kevin Mirallas, Dowell e Cenk Tosun.

Jogaram ainda Vlasic, Holgate, Niasse e Besic.

Treinador: Marco Silva.

Árbitro: Tiago Martins (AF Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Schneiderlin (21) e Sandro Ramirez (44).

Assistência: Cerca de 7.000 espetadores.