O Instituto do Mar e da Atmosfera (IPMA) avisou esta terça-feira que nos próximos dias as temperaturas podem alcançar “máximos absolutos em vários locais”, com as máximas a rondarem os 45 graus e as mínimas “aproximando-se dos 30”.

Numa “informação especial” colocada na tarde desta terça-feira na sua página da internet, o IPMA começar por dizer que na quarta e quinta-feira se prevê “uma subida acentuada de temperatura, mantendo-se valores muito elevados até ao final da semana na generalidade do território”.

Os seguintes distritos poderão mesmo atingir “máximos absolutos”:

  • Beja – 45º
  • Évora – 45º
  • Castelo Branco – 44º graus
  • Santarém – 42º graus
  • Portalegre – 42º graus
  • Setúbal – 41º
  • Sines – 40º

As temperaturas máximas vão estar “muito acima dos valores normais para a época”, próximas dos 40 graus celsius, com exceção da costa sul do Algarve, onde serão entre 30 e 35 graus.

Os valores da temperatura mínima, avisa também, têm igualmente tendência para uma subida gradual, “atingindo no final da semana valores próximos de 25°C em grande parte do território, aproximando-se dos 30°C em alguns locais do interior Centro e Sul, em especial no Alto Alentejo”.

O IPMA prevê ainda poeiras em suspensão provenientes do norte de África que afetam a região sul a partir de quarta-feira, “traduzindo-se num tom amarelado do céu”. Nove distritos do continente vão estar em aviso vermelho, o mais grave, a partir de quinta-feira por causa do calor, segundo o IPMA.

De acordo com o IPMA, o aviso laranja, que vai estar ativo a partir de quarta-feira de manhã, passa a vermelho na quinta-feira nos distritos de Bragança, Évora, Guarda, Vila Real, Santarém, Beja, Castelo Branco, Portalegre e Braga, por causa da persistência de valores elevados da temperatura máxima.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR