Estamos a entrar finalmente naquela época do ano. Depois do Halloween, depois da Black Friday… é oficialmente a hora de decorar a casa para a entrada no Natal. E se há quem goste de tornar todas as divisões como um passeio ao Polo Norte, há quem prefira ser mais discreto e ter apenas pequenos toques natalícios sem tornar a casa num circo de luzes, grinaldas, fitas e estrelas. Seja qual for o estilo da sua família, há ideias que se adaptam a todas as casas, tradicionais ou modernas, pequenas ou grandes. Afinal, só há uma coisa que importa – iluminar esta época festiva, tornar a casa mais acolhedora e viver o Natal rodeado de família e amigos.

Se a sua sala é pequena e uma árvore de Natal grande vai ocupar logo metade da divisão, uma alternativa é ter uma árvore pequena e jogar com luzes para tornar o ambiente mais festivo. Quem gosta de decorar toda a casa no espírito do Natal, pode também colocar grinaldas de luzes ao redor das portas e corredores. O ambiente transforma-se instantaneamente.

Se a sua casa é moderna e prefere uma árvore de Natal alternativa (ou à prova de gatos, por exemplo), o velhinho pinheiro no canto da casa pode ser substituído por versões mais simples e contemporâneas, mantendo o mesmo espírito natalício.

Mas se Natal que é Natal tem que ter uma grande árvore no centro da casa, o céu é o limite no que toca às decorações. Desde bolas, a fitas, estrelas, sinos, luzes, pinhas, laços… fica ao critério (e imaginação) de cada família.

Quer tornar outras divisões da casa mais natalícias mas sem cair no exagero porque a grande decoração vai estar na sala onde toda a família se reúne? Luzes, ornamentos ao redor das janelas e velas, por exemplo, são uma boa aposta.

Uma boa forma de envolver toda a família no espírito do Natal é criar decorações em casa. Porque não um calendário do advento feito pelas crianças (e com surpresas lá dentro para abrirem a cada dia) ou uma coroa para a porta?

Pode também fazer pequenos acessórios natalícios com pinhas (como pequenas árvores ou ornamentos para a árvore de Natal) e criar frascos personalizados para colocar doces. É também um bom presente para oferecer, por exemplo, aos colegas de trabalho ao invés da habitual caixa de bombons.

Convide a família e amigos a entrar em sua casa com uma verdadeira recepção de boas-vindas natalícia: tapetes e coroas de flores são uma sugestão.

Além da tradicional árvore que acaba por ocupar o centro da decoração, pode também usar velas, grinaldas, fitas, luzes nas janelas e centros de mesa para tornar a casa mais acolhedora.

E um presépio feito de pauzinhos pelos seus filhos? É uma boa atividades para lhes contar a história do Natal. Ou então pode ter presépios alternativos aos tradicionais de barro, como um de crochê.

Se a sua decoração é minimalista e a ideia de encher a sua casa de fitas e grinaldas e confusão já lhe está a dar palpitações, também há formas de incorporar o espírito natalício neste registo mais minimal. Os tons monocromáticos, as árvores pequenas e os apontamentos simples (como velas ou luzes) são a decoração certa para si.

E não se pode esquecer da mesa de Natal, claro. Pode optar por uma decoração mais simples com apenas uma cor e pequenos apontamentos na mesa. Ou se Natal é para ser à grande e à francesa, crie uma mesa com tudo a que se tem direito, desde centros de mesa a velas e até pais Natais.

O que é que fica a faltar? Biscoitos. Muitos biscoitos para adoçar as festividades. Pode fazê-los com as crianças ou levar para casa da família na noite da consoada. Nada sabe melhor enquanto se espera o Pai Natal do que um saboroso prato de bolachas de Natal feitas por nós.

Fotos: Pinterest

Descubra outras sugestões em https://observador.pt/seccao/mercado-de-natal/