Economia

Mais de 750 mil trabalhadores passam a receber salário mínimo de 600 euros

722

O aumento do salário mínimo nacional dos 580 euros para 600 euros entra em vigor esta terça-feira e deverá beneficiar mais de 750 mil trabalhadores, segundo o Governo.

ANTÓNIO COTRIM/LUSA

O salário mínimo nacional passa a ser, a partir desta terça-feira, de 600 euros. Uma subida de 20 euros em relação ao valor anterior – 580. Segundo o Governo, este aumento vai atingir mais de 750 mil trabalhadores.

A atualização do salário mínimo esteve em discussão na Concertação Social, com as centrais sindicais a reclamarem subidas superiores ao previsto no programa do Governo — a UGT pedia 615 euros e a CGTP 650 euros -, enquanto as confederações patronais defendiam que a atualização não deveria ir além dos 600 euros.

A falta de entendimento levou o Governo a avançar com o valor de 600 euros, segundo explicou na altura o ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva.

“Não houve nenhum consenso em ter uma subida mais elevada e, na inexistência desse consenso e tendo em atenção que o Governo preza também a previsibilidade para todos os agentes económicos, a decisão que tomou foi ser fiel ao seu programa”, declarou Vieira da Silva à saída da reunião da Concertação Social que concluiu a discussão sobre o salário mínimo.

No decreto-lei que atualiza o salário mínimo, publicado em 27 de dezembro no Diário da República, o Governo sublinha que a remuneração mínima foi aumentada quatro vezes ao longo da legislatura, resultando numa valorização nominal “na ordem dos 15% entre 2015 e 2018”.

O salário mínimo subiu de 505 euros para 530 euros em janeiro de 2016, para 557 euros em janeiro de 2017 e para 580 euros em janeiro de 2018.

No comunicado do Conselho de Ministros que aprovou a atualização do salário mínimo, em 20 de dezembro, o Governo estima que o aumento para 600 euros em 2019 beneficiará “mais de 750 mil trabalhadores”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Mar

Bruno Bobone: «do medo ao sucesso»

Gonçalo Magalhães Collaço

Não, Portugal não é uma «nação viciada no medo» - mas devia realmente ter «medo», muito «medo», do terrível condicionamento mental a que se encontra sujeito e que tudo vai devastadoramente degradando.

Programa de Estabilidade

O “truque”de Mário Centeno

Inês Domingos

O programa de Estabilidade, mais do que previsões, apresenta-nos unicórnios alados, que servem lindamente para contar histórias às crianças, mas não são uma forma credível de preparar o futuro do país

Civilização

A evidência é desprezada?

António Cruz Gomes

Ainda que nascidos transitórios – para viver no mundo, com o mundo e pelo mundo – fomos indelevelmente marcados por uma aspiração transcendental.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)