O Governo aprovou esta quinta-feira o novo Conselho Diretivo da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), que passa a ser liderada pela atual vice-presidente, Helena Pereira, em substituição de Paulo Ferrão, que terminou o mandato em fevereiro.

A composição do novo conselho diretivo da FCT foi aprovada em reunião de Conselho de Ministros e integra também José Paulo Esperança, como vice-presidente, e Nuno Rodrigues e Maria Emília Pereira de Moura, como vogais, indica um comunicado do Ministério da Ciência, tecnologia e Ensino Superior.

Maria Emília Pereira de Moura era chefe de gabinete do ministro da Ciência desde novembro de 2016, tendo exercido anteriormente um cargo diretivo num departamento da FCT, de acordo com uma nota curricular facultada pelo Ministério da Ciência.

Tendo a anterior Direção da FCT chegado ao término do seu mandato, o Ministro Manuel Heitor congratula a Direção, agora cessante, e liderada por Paulo Ferrão, pelo trabalho desenvolvido e esforço de missão publica, que contribuiu para reafirmar a FCT enquanto organismo central no sistema científico e tecnológico nacional”, refere o comunicado.

Na dependência do Governo, a FCT é a principal entidade que financia a investigação científica em Portugal.